terça-feira, 13 de março de 2012

Navalhada do dia

Se você consultar um livro de história do Brasil vai ver que lá diz que as oligarquias de latifundiários foram apeadas do poder com a Revolução de 1930, aquela que colocou Getúlio Vargas no poder.
Contudo, outras oligarquias se formaram e dominam certos setores da vida brasileira. Uma delas é a oligarquia do futebol. Funciona como na época dos coronéis, um troca troca de interesses. Agora o oligarca maior pediu demissão.
Os oligarcas das federações recentemente hipotecaram irrestrita fidelidade a ele. Essas federações recebem verbas da CBF. Ao distinto torcedor sobra pagar o ingresso dos jogos, se envolver em guerra de torcidas e como na política, ir ao estádio com o nariz de palhaço.
Aquela pergunta que não quer calar: quanto de dinheiro público vai parar nos cofres deles? Quem fiscaliza? Por que os clubes estão quebrados se recebem verbas volumosas? Talvez esta última pergunta possa ser explicada pelos aliados de Ricardo Teixeira, Ronaldo e Bebeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário